Portugal  •  Desporto  •  Economia
 Internacional  •  Vida  •  Mais Secções
‹
|
‹
T-
|
T+
Publicado hoje às 08:39
"Qual aproveitamento?" pergunta Passos Coelho
Foto: Carlos Barroso / Lusa
O primeiro-ministro nega que esteja a haver aproveitamento político dos dados sobre desemprego. Passos diz que os resultados "também devem ser comentados" quando são positivos e lamenta ainda que a oposição esteja sempre à espera de resultados negativos.

"Não me parece que só haja razão para comentar os dados quando eles são maus", defendeu Pedro Passos Coelho, no Bombarral, recusando qualquer "aproveitamento político" na interpretação dos dados divulgados pelo INE relativamente ao desemprego.

O INE divulgou a semana passada que a taxa de desemprego foi de 12,4% em junho passado e reviu significativamente para baixo (0,8 pontos percentuais) a taxa estimada para maio. Os valores de maio provocaram mal-estar entre o Governo e o INE e chegaram ao debate político, depois de a primeira estimativa do desemprego de maio ter apontado para um aumento, ao passar para 13,2%, tendo afinal sido revisto esse valor para 12,4%, o mesmo que foi apurado para o mês de junho.

Na segunda-feira, a comissão de trabalhadores do INE acusou que está a ser feito um "aproveitamento político" dos dados sobre desemprego e alertou para "situações de interpretação abusiva" da informação devido ao aproximar de eleições.

Artigo Completo|Página1de2
‹ Anterior Seguinte ›
Partilhar
Serviços
Cinemas
|
Farmácias
Tempo
|
Totojogos
Siga-nos
T+
|
T-
Tamanho do texto
Versões:Texto|Mobile|PC
ControlInveste Direitos Reservados
Sites MobileAO|Dinheiro Vivo|DN|JN|TSF|O Jogo|Ocasião
Anuncie|Contactos|Ficha Técnica
Termos e Condições