Portugal  •  Desporto  •  Economia
 Internacional  •  Vida  •  Mais Secções
‹
|
‹
T-
|
T+
Publicado hoje às 07:52, actualizado às 08:29
Metro de Lisboa? Não. O dia volta a ser de greve
Foto: Reuters
Começou às 00h00 e termina à meia-noite. A Carris, como habitualmente, reforçou serviço em algumas carreiras.

Convocada por várias organizações sindicais representativas de trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, a greve está de regresso ao Metro de Lisboa. A empresa avisa que a suspensão do serviço de transporte vai ter efeitos até às 06h30 de amanhã.

Para tentar minimizar os inconvenientes desta paralisação, a Carris está a reforçar algumas carreiras de autocarros que coincidem com os eixos servidos pelo Metropolitano.

As carreiras são:

726 (Sapadores «» Pontinha Centro)

736 (Cais do Sodré «» Odivelas - Bairro Dr. Lima Pimentel)

744 (Marquês de Pombal «» Moscavide (Qta. Laranjeiras)

746 (Marquês de Pombal «» Estação Damaia)

O reforço é válido entre as 06h30 e as 21h00 de 26 de maio, através da colocação em serviço de um número suplementar de autocarros.

Uma fonte da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações referiu esta manhã, à agência Lusa que a adesão dos trabalhadores levou ao encerramento das portas das estações e à paragem da circulação.

Artigo Completo|Página1de2
‹ Anterior Seguinte ›
Partilhar
Serviços
Cinemas
|
Farmácias
Tempo
|
Totojogos
Siga-nos
T+
|
T-
Tamanho do texto
Versões:Texto|Mobile|PC
ControlInveste Direitos Reservados
Sites MobileAO|Dinheiro Vivo|DN|JN|TSF|O Jogo|Ocasião
Anuncie|Contactos|Ficha Técnica
Termos e Condições