Portugal  •  Desporto  •  Economia
 Internacional  •  Vida  •  Mais Secções
‹
|
‹
T-
|
T+
Publicado hoje às 13:29, actualizado às 17:05
Isabel Moreira admite suscitar inconstitucionalidade da suspensão das subvenções vitalicias
LUSA
Foto: Global Imagens
A deputada socialista admitiu hoje participar num pedido de fiscalização sucessiva da norma do Orçamento do Estado que mantém a suspensão do pagamento de subvenções vitalícias a antigos políticos. Vieira da Silva, vice-presidente da bancada, diz que «não admite, nem deixa de admitir».

«Considero que essa norma é inconstitucional, ainda não falei com ninguém, mas estou absolutamente disponível», declarou Isabel Moreira depois de interrogada sobre um eventual pedido ao Tribunal Constitucional de fiscalização sucessiva da norma orçamental relativa às subvenções vitalícias.

Tal como Isabel Moreira, dentro da bancada do PSD, também vários deputados transmitiram à agência Lusa equacionarem a hipótese de um recurso ao Tribunal Constitucional, alegando, entre outras razões, que este ano os juízes chumbaram a proposta de lei do Governo para a criação de uma contribuição de sustentabilidade das pensões.

Isabel Moreira salientou que já no ano passado manifestou a sua convicção de que a suspensão do pagamento das subvenções vitalícias superiores a dois mil euros mensais era inconstitucional.

Artigo Completo|Página1de2
‹ Anterior Seguinte ›
Partilhar
Notícias Relacionadas
Reposição subvenções não era vontade da bancada do PSD
António Costa diz que não teve intervenção no caso das subvenções vitalícias
PSD e PS deixam cair reposição das subvenções vitalícias
Serviços
Cinemas
|
Farmácias
Tempo
|
Totojogos
Siga-nos
T+
|
T-
Tamanho do texto
Versões:Texto|Mobile|PC
ControlInveste Direitos Reservados
Sites MobileAO|Dinheiro Vivo|DN|JN|TSF|O Jogo|Ocasião
Anuncie|Contactos|Ficha Técnica
Termos e Condições