Portugal  •  Desporto  •  Economia
 Internacional  •  Vida  •  Mais Secções
‹
|
‹
T-
|
T+
Publicado ontem às 00:38
Cristiano Ronaldo: «Se eu mandasse, talvez fizesse as coisas de maneira diferente»
O jogador questionou a política de transferências que está a ser posta em prática no Real Madrid. Declarações que podem ser interpretadas como uma crítica à gestão do presidente Florentino Perez.

Cristiano Ronaldo veio hoje a público criticar a política de transferências do Real Madrid, e indiretamente o presidente do clube Florentino Perez, ao dizer que as coisas seriam diferentes se fosse ele, Ronaldo, a mandar.

Num evento em Jerez, Espanha, o jogador foi questionado pelos jornalistas sobre a recente política de transferências do clube.

O jogador começou por avisar que não pode dizer tudo o que pensa. Caso contrário, se dissesse, seria manchete dos jornais no dia seguinte. No entanto, Cristiano Ronaldo acabou por admitir que, se mandasse no clube, não deixaria sair os jogadores que saíram.

O internacional português considera que o Real Madrid ficou mais fragilizado com as saídas de Xabi Alonso e Di Maria.

«Se fosse eu a mandar, talvez fizesse as coisas de maneira diferente. Mas se o presidente pensa que o melhor para a equipa é comprar os jogadores que comprou e deixar outros sair, temos de respeitar e apoiar a sua decisão», disse.

Artigo Completo|Página1de2
‹ Anterior Seguinte ›
Partilhar
Serviços
Cinemas
|
Farmácias
Tempo
|
Totojogos
Siga-nos
T+
|
T-
Tamanho do texto
Versões:Texto|Mobile|PC
ControlInveste Direitos Reservados
Sites MobileAO|Dinheiro Vivo|DN|JN|TSF|O Jogo|Ocasião
Anuncie|Contactos|Ficha Técnica
Termos e Condições