Portugal  •  Desporto  •  Economia
 Internacional  •  Vida  •  Mais Secções
‹
|
‹
T-
|
T+
Publicado ontem às 20:32, actualizado hoje às 08:39
Queda de muro junto à Universidade do Minho mata três estudantes
Foto: Global Imagens/Paulo Porge Magalhães
A queda de um muro junto à Universidade do Minho, em Braga, matou três estudantes e feriu quatro, informou o 2.º comandante distrital da Proteção Civil. As vítimas mortais ficaram soterradas.

Estariam só de passagem ou a fazer uma brincadeira no âmbito de uma praxe? É uma dúvida por esclarecer nos contornos do acidente com a queda de um muro que ontem matou três universitários de Braga.

O muro, conta hoje o JN, tinha uma inclinação assinalável há alguns anos. Em março do ano passado, o Jornal de Notícias já dava conta da preocupação de moradores e comerciantes da zona com a sujidade e insegurança do local onde ocorreu o acidente.

O mesmo jornal adianta que permanecem dúvidas sobre a propriedade do muro que ruiu e o seu estado de conservação.

A imprensa desta manhã revela que a zona é habitada sobretudo por estudantes que realizam ali praxes académicas, uma prática que foi proibida nas instalações da universidade do Minho em 2011.

Ontem, ainda segundo os jornais, os três estudantes que morreram, três rapazes entre os 18 e os 21 anos, participavam numa praxe conhecida como guerra de cursos.

Artigo Completo|Página1de2
‹ Anterior Seguinte ›
Partilhar
Notícias Relacionadas
Feridos na queda de muro em Braga já tiveram alta hospitalar
Muro que ruiu em Braga vai ser objeto de peritagem
Queda de muro em Braga fatal para três estudantes (imagens)
Serviços
Cinemas
|
Farmácias
Tempo
|
Totojogos
Siga-nos
T+
|
T-
Tamanho do texto
Versões:Texto|Mobile|PC
ControlInveste Direitos Reservados
Sites MobileAO|Dinheiro Vivo|DN|JN|TSF|O Jogo|Ocasião
Anuncie|Contactos|Ficha Técnica
Termos e Condições