Portugal  •  Desporto  •  Economia
 Internacional  •  Vida  •  Mais Secções
‹
|
‹
T-
|
T+
Publicado dia 19/03/2012
Estaleiros: PM diz que é cedo para falar sobre postos de trabalho
O primeiro-ministro diz que é prematuro falar sobre se todos os postos de trabalho nos Estaleiros de Viana do Castelo estão ou não garantidos.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, questionado sobre se estão ou não garantidos todos os postos de trabalho nos Estaleiros de Viana do Castelo com a privatização a 100 por cento da empresa, avisa que ainda é cedo para dar uma resposta a esta pergunta.

«É prematuro. Não queria entrar em grandes pormenores sobre esta matéria, porque todas as perguntas que poderem fazer sobre isso dependem de desenvolvimentos que ainda não estão definidos. É impossível antecipar sobre essas questões», afirma Passos Coelho.

O primeiro-ministro explica ainda que o Governo está apostado em «garantir a continuidade dos estaleiros».

Pedro Passos Coelho está em Viseu e indica o caminho a seguir: «O Estado não tem tido condições do ponto de vista financeiro para poder manter os estaleiros e estamos a encontrar um mecanismo que nos permita a injeção de capital através de um processo de privatização».

Artigo Completo|Página1de2
‹ Anterior Seguinte ›
Partilhar
Notícias Relacionadas
Estaleiros Viana: Trabalhadores com «enormes reservas» sobre privatização
Ministro chama autarca de Viana para explicar futuro dos estaleiros
PCP entende que privatização de estaleiros é «crime contra a economia»
PS espera que proposta de privatização de estaleiros seja «credível»
Trabalhadores alertam para perigo de venda de estaleiros a estrangeiros
Governo vai privatizar Estaleiros de Viana do Castelo na totalidade
Trabalhadores dos Estaleiros de Viana conhecem hoje futuro da empresa
Serviços
Cinemas
|
Farmácias
Tempo
|
Totojogos
Siga-nos
T+
|
T-
Tamanho do texto
Versões:Texto|Mobile|PC
ControlInveste Direitos Reservados
Sites MobileAO|Dinheiro Vivo|DN|JN|TSF|O Jogo|Ocasião
Anuncie|Contactos|Ficha Técnica
Termos e Condições